Tudo o que ela queria é que aquela mentira passageira fosse uma verdade duradoura e que a ausência do que não existia se tornasse uma realidade presente e constante em sua vida. Mas como assim não era, decidiu seguir em frente deixando muita coisa pra trás, sem sofrimento e sem arrependimento; pois como ela mesma dizia, um final é sempre sinônimo de um novo começo, e um novo começo é sempre uma nova oportunidade para ser feliz.

Quem é ela? Eu!

segunda-feira, 16 de junho de 2014

APENAS UM CONSELHO

Querida amiga, não sou uma especialista no amor. Ninguém é! Cada caso é um caso e as circunstâncias são diferentes em cada um deles. Eu estava lendo meu blog e vi uma frase que escrevi há muitos anos. Leia, pense e avalie: QUEM VIVE DE ILUSÃO PERDE OPORTUNIDADES! Não faça o que eu faria. Eu sou louca. Eu vivo a vida a 100 por hora sempre. Eu não perco tempo e nem oportunidade. Meu sofrimento tem limite e o limite é a minha curta paciência. Minha fila não anda, ela corre. Eu só paro em lugar seguro e segurança pra mim é um termo muito completo, não vou explicar aqui. Avalie a situação. E pra mim homem que quer ser a mulher da situação é BAITOLA, tem que procurar outro homem e deixar de melindre com mulher. Pronto, falei!

Nenhum comentário:

Postar um comentário